Indicação de interesse - Documento formal // HMBO
453
post-template-default,single,single-post,postid-453,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Indicação de Interesse – Documento na Venda de Empresas

Indicação de Interesse – Documento na Venda de Empresas

O que é uma Indicação de Interesse?

indicação de interesse surge com o desenrolar de um processo de venda de uma empresa, como uma carta escrita pelos potenciais compradores e dirigida ao vendedor, na qual é demonstrado o interesse na oportunidade, de forma formal, porém, não vinculativa.

Este documento vem assim, colocar no papel, pela primeira vez, a intenção do potencial investidor de entrar no capital da empresa. O objeto indicação de interesse é apenas o de dar maior consistência ao interesse de um eventual comprador, não garantindo, de nenhuma forma, que o processo de avance. Aliás, como a própria expressão indica, e ao contrário de uma carta de intenção, a indicação de interesse não passa de isso mesmo…uma mera indicação formal de interesse.

Um requisito fundamental na apresentação de uma indicação de interesse, é dirigir a carta aos responsáveis pelo processo de venda da empresa (geralmente os próprios proprietários) por forma a que a confidencialidade da operação seja mantida no seio da empresa e que os seus colaboradores não se apercebam que a empresa está num processo de venda.

Este documento pode ou não delinear, de forma sintética, as condições gerais para a obtenção um negócio, designadamente o múltiplo (Valor da Empresa/EBITDA), ou intervalo de múltiplos de entrada que o comprador está disposto a pagar.

Em algumas transações não existe a apresentação de uma indicação de interesse, sendo que o comprador, abrevia esta etapa e apresentando de imediato uma carta de intenção.

 

O que deve incluir a Indicação de Interesse?

  • Disponibilidade financeira do comprador, incluindo fontes de financiamento;
  • Motivação para avançar com a operação;
  • Indicação da vontade de realizar uma due dilligence;
  • Plano de retenção da equipa de gestão e expectativa em relação ao papel do vendedor após a transação;
  • Timings esperados para transacção.

Pondera vender a sua empresa? Contacte-nos e fique a conhecer os nossos serviços de corporate finance e assessoria em operações de compra e venda de empresas. Contacte-nos: www.hmbo.pt.

hmbo

No Comments

Post A Comment