Portugal 2020 - Complemento ao Financiamento // HMBO
16006
post-template-default,single,single-post,postid-16006,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Portugal 2020 – Complemento ao Financiamento

Portugal 2020 – Complemento ao Financiamento

Portugal 2020, em que Consiste este novo Fundo Comunitário?

O Portugal 2020 é um acordo entre Portugal e a Comissão Europeia, uma parceria que se define pelo recebimento de 25 mil milhões de euros para Portugal investir em 16 Programas Operacionais até 2020.

Portugal 2020 enquanto complemento ao financiamento

Numa altura em que a economia portuguesa mostra alguns sinais de recuperação, abre-se uma janela de oportunidade para o empresário português olhar para o futuro e perspetivar oportunidades de crescimento.

Reforçar a estrutura produtiva privada com vista a garantir que o setor empresarial português consegue competir numa lógica de economia global, torna-se premente.
Emerge assim a necessidade de captação de financiamento para investimento empresarial. Neste contexto, é importante considera todas as alternativas existentes ao financiamento, perceber quais as suas vantagens e desvantagens e avaliar devidamente o custo de oportunidade subjacente a cada uma das opções disponíveis. Entre as várias opções, destaca-se o Portugal 2020.

Portugal 2020, um mecanismo de financiamento que visa partilhar o risco em atividades inovadoras

Uma dessas opções poderá ser o recurso aos mecanismos de financiamentos disponíveis ao abrigo do quadro comunitário Portugal 2020, que surgiram exatamente com o propósito de partilhar o risco do investimento em atividades inovadoras e geradoras de maior valor acrescentado para as empresas e para a economia nacional.

Ainda que se reconheça que os níveis de burocracia são consideravelmente superiores quando comparados, por exemplo, com os empréstimos bancários, poucas são as empresas que conseguem taxas de juro comparáveis com a isenção de juros e outros encargos existentes na principal medida de financiamento à atividade empresarial do Portugal 2020 – SI Inovação Produtiva.
Por outro lado, o escrutínio exigido sobre o plano estratégico de crescimento das organizações deve ser visto como uma oportunidade para melhor definir as suas prioridades de curto e médio prazo e assim minimizar os fatores de risco subjacentes à sua atividade. Também não menos importante deve ser a consciencialização de que o presente Quadro Comunitário está pensado para remunerar o alcance de objetivos, sendo, portanto, possível às empresas obter isenção de reembolso de parte do apoio concedido sempre que se atinjam metas económicas definidas pela própria empresa.

Por último, a escolha do parceiro certo pode ser fator de sucesso nesta operação. A HMBO, parte integrante de um grupo empresarial com mais de de 30 anos, está apta a praticar assessoria na obtenção de financiamento (através do Portugal 2020 ou não) e estudos de viabilidade! Contacte-nos: info@hmbo.pt ou 234 377 840

hmbo

No Comments

Post A Comment